hub.cards logo
Comece agora
Background Image

Como digitalizar os Cartões de Visita

Existem muitas formas diferentes de digitalizar cartões de visita. Queremos dar-te uma breve visão geral de boas soluções que te pouparão tempo e te ajudarão a organizar melhor os teus contactos.

Porquê digitalizar cartões de visita?

Experimentei que os cartões de visita tendem a perder-se após um curto período de tempo porque não existe uma melhor prática em como guardar e manter esses contactos. Normalmente quando recebo um cartão de visita de um parceiro de negócios fora de mão, costumava colocá-lo na minha carteira. Se eu não precisar de contactar a pessoa de imediato, é aqui que ela fica durante alguns dias. Depois de a carteira se expandir para um tamanho inconveniente, os cartões de visita acabam algures na minha secretária. E quando a secretária precisa de ser arrumada, a maioria deles vai finalmente para o lixo

Por isso, como podes ver, este fluxo de trabalho não organizado e não profissional pode levar a situações embaraçosas e a muitas oportunidades perdidas. Mas eu não estava sozinho. O Statistic Brain (2017) descobriu que 88% de todos os cartões de visita distribuídos acabam no lixo em menos de uma semana

Que opções tenho eu?

Claro que a solução mais simples é adicionar imediatamente todos esses contactos ao teu livro de endereços preferido, por exemplo, no teu smartphone. É mais fácil dizer do que fazer. 🙈Statistic Brain (ver acima) também detectou que apenas 9% dos 88% dos cartões de visita deitados fora foram digitalizados antes. Mas porquê?

Adicionar contactos ao teu livro de endereços significa muito provavelmente digitar todos os dados relevantes à mão. Este processo leva tempo e é, na maioria das vezes, frustrante quando se lida com uma quantidade maior de cartões ao mesmo tempo. Mas não só o processo de digitalização é uma chatice, mas ter certos contactos de negócios no teu livro de endereços privado também pode estragar a tua estrutura. A maioria dos livros de endereços não tem categorias onde possas separar esses contactos ou estruturá-los, dependendo do contexto de negócio. Então, mesmo que tenhas digitalizado a informação básica, só poderás encontrar o contacto pelo nome depois. E esse é o ponto onde perdeste o teu contacto novamente. 🤦🏻♂️

Na Adição, muitas vezes precisas de ter a representação visual do cartão de visita armazenada contigo. Porquê? O cérebro humano consegue lembrar-se da aparência de um objecto muito melhor do que apenas factos concretos. Imagina que recebes um cartão de visita verde com um logótipo branco com uma boa forma. Não seria fantástico procurar os teus últimos contactos apenas por esse cartão de visita verde? É possível através da pesquisa de cartões de visita. 🥳

Como digitalizar cartões de visita?

Existem muitas aplicações para smartphones que te permitem digitalizar os teus cartões de visita e adicioná-los a um livro de endereços. Eles usam a câmara do teu smartphone para tirar uma fotografia do cartão e cortá-lo. A maioria delas também suporta OCR (reconhecimento óptico de caracteres) que reconhece o texto no cartão de visita e o classifica automaticamente. Isto é óptimo em teoria, mas na prática, este é muitas vezes o lado negativo dessas aplicações de scanner de cartões de visita. Como a tecnologia OCR usa algoritmos caros de aprendizagem da máquina, este serviço é normalmente limitado ou não é de todo gratuito e escondido atrás de um paywall. Mesmo que que queiras pagar por tal funcionalidade que te pode poupar muito tempo, a maioria dos algoritmos ainda não são suficientemente bons. Digitalizar cartões de visita a maior parte do tempo significa editar os campos de texto reconhecidos mais tarde à mão, porque os caracteres foram reconhecidos erradamente ou toda uma área de texto foi classificada como errada. O segundo tipo de erro é ainda mais frustrante porque na maioria das vezes não há maneira de simplesmente alterar a classificação (por exemplo, trocar o nome da pessoa e o nome da empresa)

Tendo isto em conta, eu criei o seguinte ranking de ferramentas de scan para cartões de visita:

 

 

3. ABBYY Leitor de cartões de visita

undefined

Resumo:

O ABBYY Business Card Reader é uma aplicação clássica de scanner que se concentra no processo de OCR. A ABBYY também fornece interfaces profissionais para outras aplicações de OCR, bem como uma API para empresas. Por isso, as capacidades de digitalização são boas em comparação com outros concorrentes. O texto é, na sua maioria, reconhecido e classificado correctamente. No entanto, se falhar, o processo de correcção é também manual e inconveniente. O corte da imagem é bem implementado, mas a edição automática da cor da imagem muda a aparência do cartão de uma forma não apelativa (muito contraste, de modo a que as cores e logótipos pareçam feios). Outra desvantagem é a interface do utilizador da aplicação. Parece um pouco datada e características úteis, como agrupar os teus contactos, estão escondidas. A ABBYY está disponível gratuitamente em andróide e iOS mas apenas te permite digitalizar 10 cartões. Por isso o mais provável é que tenhas de pagar uma subscrição premium que custa 2,99 euros por mês.

Prós

  • Boas capacidades de scan
  • Organiza-te em grupos
  • Adiciona ao telefone e funcionalidades básicas de partilha (Email, SMS)

Contras:

  • Interface de utilizador datada
  • Má correcção automática de cor
  • Características gratuitas muito limitadas (o mais provável é que tenhas de pagar por um site premium)

Website 

 

 

2. CamCard

undefined

Resumo:

CamCard é a aplicação líder no mercado de scanners de cartões de visita. Oferece mais funcionalidades do que a ABBYY e vem com uma interface de utilizador mais agradável. As capacidades de scan são um pouco piores do que as da ABBYY com os cartões testados e ocorrem mais erros no processo de reconhecimento e classificação de personagens. Corrigir os erros também não é muito conveniente, por isso por vezes demora tanto tempo como para adicionar cartões manualmente. O CamCards permite-te partilhar o teu próprio cartão e cartões digitalizados que recebeste através do WhatsApp, QR Code, etc. Por isso, cria uma página de destino com a informação básica e a imagem do cartão de visita visível para todos. Isto é um pouco estranho e duvido que seja compatível com o GDPR (porque o CamCard reúne e publica dados pessoais de pessoas de terceiros). 🤷🏻♂️
No plano gratuito, a aplicação é capaz de digitalizar 500 cartões. O plano premium começa em 4,49$ por mês.

Prós

  • Organiza-te em grupos
  • Sincronização de nuvens
  • Melhor partilha de funcionalidades (WhatsApp, QR, etc)

Contras:

  • Habilidades de scan decente
  • Má correcção automática de cor
  • Upgrade premium dispendioso
  • Incerteza legal (compatível com GDPR ao partilhar?!)

Website 

 

 

1. hub.cards

Resumo:

hub.cards é um serviço com o objectivo de dar aos cartões de visita tradicionais características digitais, adicionando um clone digital. As principais características são construídas em torno desta ideia para que o teu próprio cartão de visita possa ser mais facilmente partilhado, armazenado e sincronizado (mesmo depois de o partilhares com outros). No entanto, o hub.cards também te permite digitalizar cartões de visita físicos e armazená-los na nuvem. hub.cards é um serviço jovem com grande potencial, mas neste momento apenas oferece uma versão web. Mesmo assim, oferece uma grande usabilidade e não há necessidade de descarregar uma aplicação. Os teus cartões digitalizados podem ser imediatamente acedidos a partir de qualquer dispositivo com uma ligação à Internet. O processo de digitalização é muito preciso e a classificação do texto pode ser facilmente editada clicando nas respectivas secções. A qualidade da imagem dos cartões de visita é a melhor de todas as aplicações testadas. Os cartões guardados podem ser facilmente agrupados. Além disso, existem toneladas de grandes funcionalidades modernas para os teus próprios cartões e cartões digitalizados, por exemplo, grandes funcionalidades de partilha (o teu próprio cartão recebe um link curto permanente), QR, integrações para livros de endereços, designer de cartões de visita, loja de design para modelos de cartões de visita, etc...
O plano gratuito não se limita ao número de scans e permite-te guardar tantos cartões de visita quantos quiseres. O plano premium apenas oferece mais funcionalidades para partilhares o teu próprio cartão de visita de forma eficiente. Neste momento na fase beta, mesmo essas funcionalidades são gratuitas.

Prós

  • Grande processo de scan e classificação com correcção de erros mais rápida
  • Organiza os cartões em grupos coloridos
  • Sincronização de nuvens e melhor interface web
  • Aplicação Web, Aplicação Desktop & Aplicação iOS
  • Grandes funcionalidades de partilha (WhatsApp, QR, Link, etc) & integração com o Outlook/address book
  • Óptimas características adicionais do cartão de visita
  • Tudo livre na fase beta e uso básico livre para sempre

Contras:

  • Em fase beta (mas software estável)
  • Sem aplicação androide ainda (mas pode ser usado com o teu smartphone no Browser sem descarregar ou instalar nada)

Website 

 

E é tudo?

Não, existem também outras aplicações de scanners de cartões de visita que podes encontrar. Esta selecção foi a que teve melhor desempenho quando testaste com diferentes cartões. Outras aplicações de scanners também não diferem muito umas das outras. As três soluções apresentadas oferecem características diferentes com um objectivo diferente. Pessoalmente, gosto mais do hub.cards, porque tem um mecanismo de correcção de erros mais conveniente, uma interface de utilizador mais fresca e clara, grupos coloridos que facilitam a categorização de cada cartão em função do seu contexto (por exemplo, colega de trabalho, amigos, vendas, artesãos, ...), um motor de busca rápido e integra-se bem com o meu livro de endereços do smartphone e o Outlook.